domingo, 6 de julho de 2008

Pensare...

Albert Schweitzer (1875 - 1965), filósofo (vencedor do Prêmio Nobel de Paz de 1952):

Muito pouco da grande crueldade mostrada pelos homens pode ser atribuída realmente a um instinto cruel. A maior parte dela é resultado da falta de reflexão ou de hábitos herdados".

"O erro da ética até o momento tem sido a crença de que só se deva aplicá-la em relação aos homens."

"Até que amplie o círculo de sua compaixão para todo o ser vivente, o homem não encontrará paz".

Nenhum comentário: