sábado, 31 de janeiro de 2009

Vida de cão



"(...) Quando entramos no ritmo, a matilha e eu pisamos a terra como se fôssemos uma unidade, como se fôssemos apenas um animal. Eu vou à frente e eles me seguem. Consigo ouvir a respiração ofegante deles e o arranhar de suas patas no solo. Eles estão calmos e felizes e trotam levemente, com a cabeça baixa e o rabo balançando.

Os cães me seguem pela ordem de status, mas, como essa matilha é muito maior que uma matilha de lobos em uma floresta, eles se dividem em grupos de alta, média e baixa energia (os cães mais baixos têm de correr mais para acompanhar o ritmo).

Todos eles estão em modo de migração, e seus instintos estão no controle. Então, às vezes penso que os meus também estão. Respiro fundo - o ar está limpo e leve, e eu nem sequer consigo sentir o cheiro da fumaça de Los Angeles. É uma sensação de plena felicidade. Sinto-me em união com a natureza, a manhã e os cães. Penso em como sou abençoado por poder passar este dia como parte de meu trabalho, de minha missão de vida".

Trecho do livro O Encantador de Cães - Compreenda o melhor amigo do homem, de Cesar Millan e Melissa Jo Peltier, SP: Verus Editora, 2007.

Cesar Millan apresenta um programa de TV intitulado "Dog Whisperer" (no Brasil, O Encantador de Cães), transmitido pelo National Geographic Channel.

Nenhum comentário: