sábado, 10 de janeiro de 2015

Moral e cívica

O Facebook tornou-se uma sala virtual de aula de moral e cívica. Com censuras. Intolerâncias. Um doutrinamento diário do que publicar, comentar, curtir. Até eu já fiz parte disso quando achei que podia mudar meu pequeno mundo virtual com relação aos direitos animais. Pura enganação: lá, reforçam-se os posicionamentos, atingindo apenas quem não tem opinião formada ainda, e olhe lá! Sarcasmos. Indiretas. Chacotas. Polêmicas. É exposição, é falta de exposição. É posicionamento sobre algo, é ausência deste. E tudo muito fácil de interagir com as opções unfollow, excluir e bloquear. Liberdade de expressão porra nenhuma. É uma das coisas mais "fakes" no mundo virtual a ser reclamada. Liberdade de expressão é pessoal, porque do outro, ele não pode pensar assim e nem se expressar. Respeito ao próximo? Mentira! Pura falácia do politicamente correto. A rede social acabou deixando as relações insuportáveis ao se saber que o "amigo" gosta e pensa. 

Nenhum comentário: