quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Paris

Aconteceu em Paris e vários personagens típicos, históricos, enfadonhos surgem, comentando:

- tem os que que apoiam o atentado pela falta de respeito à religião por parte do jornal;
- tem os que odeiam muçulmanos e estão solidários à represália;
- tem os religiosos que odeiam muçulmanos e estão solidários à represália;
- tem ateu rindo dessa confusão;
- tem os que estão indiferentes ao caso;
- tem os que acreditam numa teoria da conspiração que envolve até Elvis;
- tem os que passam a fazer discurso de ódio no mundo virtual e os que saem batendo em muçulmanos, na vida real, em qualquer lugar que os encontre;
- tem quem diga que a culpa é de Obama;
- tem quem diga que a culpa é do PT;
- tem quem diga que a culpa é das armas;
- tem quem se alivie: menos esquerdistas no mundo;
- tem os que abafam o caso, lembrando que a violência está em todo lugar;
- tem os novos fãs dos cartunistas mortos que vão movimentar o Google atrás do seu trabalho;
- tem os que estão de camarote vendo o movimento na linda Paris;
- ...
- ah, e tem os que os odeiam os franceses;
- tem os que odeiam os parisienses;
...e, por fim, tem os que nem sabem o que aconteceu, mas estão dizendo algo.

Nenhum comentário: